quinta-feira, 3 de março de 2011

SÔNIO E O CARNAVAL DE SALVADOR

ICrônica

Sônio acordou, na manhã do dia 3 de março, disposto a curtir o Carnaval de Salvador. Ele decidiu que faria tudo que nunca fez na vida durante a festa. Na verdade, Sônio queria se moldar e acompanhar um modelo de jovem, como aqueles que ele via nos programas de TV. Jovem que é jovem curte tudo, se esbalda, perde noite, beija 100 e não é politicamente correto. Essa era a meta de nosso personagem.
A precaução era uma das qualidades de Sônio e, antes de “carnavalizar”, ele foi conhecer o circuito da folia. Chegando num dos principais pontos turísticos da capital baiana, ele parou e perguntou a um senhor que estava por perto: “Boa tarde, moço, a Barra fica perto da Ondina?”. O senhor, achando a pergunta um pouco descabida, deu uma risada de leve e confirmou: “Fica, sim, meu filho. É cada uma!”. Percebendo uma certa ironia por parte do senhor, Sônio, que sempre fora muito pacífico, lembrou da máxima cheia de metáfora que criou para si mesmo para enfrentar a cidade grande: “Se alguém pisar no meu pé, eu que devo pedir desculpas”. No rol das lembranças, recordou também a música Cartomante, interpretada por Elis Regina. Depois desses devaneios, voltou-se ao senhor e, tentando criar intimidade, soltou essa: “O senhor já percebeu que as duas músicas mais tocadas atualmente nas rádios do Brasil têm o verbo ‘fugir’ no refrão?”. O senhor, de forma ríspida, respondeu: “Não reparo nessas coisas”. Sônio insistiu: “A música do Michel Teló diz ‘O jeito é dar uma fugidinha com você...’, já a do LevaNóiz fala ‘Foge, foge, Mulher Maravilha. Foge, foge com o Superman...’. O senhor encarou Sônio com uma cara muito feia e o jovem entendeu a mensagem.
Em casa, Sônio pensou no que tinha acontecido durante a tarde. Mas não ficou preso a isso. Resolveu que não ia mais se perder de si. Sendo assim, continuaria a acompanhar o Carnaval pela TV. Sônio não gostou do seu dia e começou a entender melhor quem ele próprio era. Sônio mudou as suas metas.


# Escute a música Cartomante, composta por Ivan Lins e Vitor Martins, interpretada por Elis Regina em: http://www.youtube.com/watch?v=RmBtW3XFGWU.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

3 comentários:

  1. Hum Rauli... esse Sônio me lembrou alguem!?! HAHAHAHA' (Metaforicamente falando, é claro) rsrsrs...
    Será q ele continuará realmente em casa acompanhando a festa momesca pela TV ou "fugirá" para o meio da folia!?! Hum... me parece que esta saga carnavalesca do Sônio pode dar mais pano pra manga, ou melhor, mais bloco pra avenida!!! :D Abração!!

    ResponderExcluir
  2. Um consolo para Sônio: "Todo o carnaval tem seu fim | Todo o carnaval tem seu fim | E é o fim, e é o fim" ♫♪

    ResponderExcluir
  3. Até os comentários do seu blog são bons! rs Aonde vc vai parar, Rauli? Bom, espero q não pare. :) Gostei da narrativa, só faz me lembrar desse 'q' de jornalismo literário q vc tem. =D

    ResponderExcluir

Copyright © Desde que eu me entendo por gente

Design by Josymar Alves