quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

PRETA GIL: UMA CANTORA sem PESO

IDa Televisão

Tudo bem que Preta Gil é simpática, diz coisas interessantes a respeito do padrão de beleza estabelecido na sociedade, não se incomoda em falar de suas preferências sexuais, tanto é que já afirmou uma vez que "se apaixona por pessoas, independentemente do sexo", se mostra bastante sincera nas suas opiniões; mas, cantando, deixa muito a desejar ainda.

Preta está divulgando, nos principais programas de TV do eixo Rio- São Paulo, o seu DVD "Noite Preta- Ao vivo" e, entre um acorde e outro, o telespectador mais ignorante em música percebe as limitações vocais da filha de Gilberto Gil. Ela desafina com a maior sem-cerimônia do mundo. Isso fica bastante evidente na música Drão, que Preta canta em parceria com seu pai e é um dos trechos de seu novo produto mais exibidos nos programas de TV. A impressão que dá é a de que a cantora não tem pique pra terminar algumas frases e cansa em algumas palavras. É, se é que isso existe, um canto cansado o da artista.

Isso não significa que Preta Gil não tenha talento. A voz dela é bem agradável. Duas de suas músicas mais famosas, Sinais de fogo (composta por Ana Carolina e Antonio Villeroy) e Medida do amor (composta por Davi Moraes), têm uma identidade que, talvez, só ela poderia imprimir. Mas, o que falta a Preta é uma certa técnica. Por exemplo, ela não tem aquilo que as pessoas chamam de "presença de palco" e suas performances parecem mostrar alguém que brinca de cantar. Só brinca.

O que melhor Preta Gil poderia fazer por ela mesma era buscar aperfeiçoar sua técnica vocal, frequentando aulas de canto e atentando para a respiração. Ao complementar, dessa forma, seus predicados, é bem provável que ela se transforme numa cantora de peso no universo da Música Popular Brasileira.



# No site de Preta Gil, www.pretagil.com.br, você pode escutar Stereo, atual música de trabalho da artista, composta por Ana Carolina.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Críticas a Preta Gil dificilmente fogem do lugar comum, muitas vezes por uma série de preconceitos que existe contra ela. Muito bacana ouvir uma crítica sensata!

    No entanto, devo dizer que considero generosos os seus comentários sobre a voz e o talento de Preta como cantora.

    ResponderExcluir

Copyright © Desde que eu me entendo por gente

Design by Josymar Alves